Elane Souza DCJ Advocacia, Advogado

Elane Souza DCJ Advocacia

Recife (PE)
203seguidores69seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Apaixonada pela Justiça, JUSTA!
Advogada há mais de 14 anos; colou grau em Direito no ano de 2003 pela UNIC - Cuiabá - BR;
Em 2004 realizou o Exame da OAB e obteve aprovação;

Meados de maio de 2007 foi viver em Lisboa, por questões pessoais, e só retornou no ano de 2011;

Hoje raramente advoga, dedica-se mais a redação de artigos e parte do tempo divulga seus Blogs – acredita que a Advocacia não é bem sua vocação apesar de apaixonada pelo Direito! Talvez por não se fiar muito na Justiça Brasileira, prefere apenas escrever.

Áreas de maior envolvimento são: D.Humanos, Direito Família, Penal, Criminologia e Medicina Legal.

Tudo que escreve publica em seus Blogs:

Diário de Conteúdo Jurídico: https://www.diariodeconteudojuridico.com

Divulgando Direitos: https://divulgandodireitos.com e

Diário C. Jurídico facebook

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 25%

É o ramo do direito público dedicado às normas emanadas pelo Poder Legislativo para reprimir os d...

Trânsito, 25%

É a utilização das vias por veículos motorizados, veículos não motorizados, pedestres e animais, ...

Direito de Família, 25%

É o ramo do direito que contém normas jurídicas relacionadas com a estrutura, organização e prote...

Direito Civil, 25%

É o principal ramo do direito privado. Trata-se do conjunto de normas (regras e princípios) que r...

Recomendações

(800)
Christina Morais, Advogado
Christina Morais
Comentário · há 3 dias
Eu não questiono o caso de Milagres. Não sou consumidora da rede Globo. O que eu questiono é que nossa política atual não deu o devido suporte aos serviços de inteligência da polícia. A quadrilha estava sendo investigada há meses e aquela ação policial de tocaia foi planejada sem nenhuma informação sobre a existência de reféns. Os policiais também não recebem o treinamento adequado para atuar na possibilidade da existência de reféns, como vemos em filmes americanos. Um despreparo total. E isso é o que eu questiono. Ah, mas a polícia matou inocentes. Não. Os bandidos levaram inocentes ao abate. Essa é minha forte opinião. E outra: o uso de reféns não era o modus operandi habitual da quadrilha, o que nos remete a algo ainda mais tenebroso: a contra inteligência da bandidagem pareceu ser muito mais eficiente que a inteligência da polícia. Alguém se perguntou por que exatamente dessa vez eles estavam precavidos com escudos humanos? Não defendo bandido. Aliás, mais uma reportagem da Globo botando a culpa da morte de inocentes em ações da polícia nas costas dos policiais e eu vou pessoalmente escrever uma carta aberta de desagravo, pedindo pela extinção da polícia. A população acha que não precisa de polícia, que a atuação da polícia é um perigo à vida de inocentes, e até de bandidos, que são tão enaltecidos aí por uns e outros. Então pra quê polícia? Azar de quem for assaltado, estuprado, agredido. Se morrer enterra, se sobreviver, faz terapia pra sarar do "trauma". Não suporto mais ver gente criticando o trabalho da polícia. Aliás, criticar o trabalho até eu critico. Acho mesmo que são mal treinados, mas isso não é culpa deles. É culpa dos políticos ladrões que só sabem investir em "obras" e qualquer coisa que possa render um mega roubo por meio de superfaturamento ou algo assim. Investimento em conhecimento técnico para a polícia não dá lucro pra ladrão de colarinho branco e esse é o único problema que eu vejo na desastrosa e lamentável operação de Milagres, entre tantas outras.

PS: A única coisa que eu lamento mais que a morte cruel do cachorro é o fato de a morte cruel de Antônia Conceição da Silva, morta a pauladas em Feira Nova do Maranhão, poucos dias antes, não ter repercutido nada além de uma notinha de jornal local "Aconteceu no Vale". O que mais me indigna é que a crueldade contra os animais seja mais lamentada que aquela cometida contra humanos. Não como o caso acima em comento, uma vez que nenhum policial cruelmente e de propósito matou reféns inocentes a pauladas. Não. Falo de Dona Antônia. Morta a pauladas por um ladrão comum, que a matou a pauladas para roubar 30 reais, pois isso não se faz nem com cachorro (literalmente). Falo é dela. Que Deus a tenha.

Perfis que segue

(69)
Carregando

Seguidores

(203)
Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Recife (PE)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Elane Souza DCJ Advocacia

(81) 99620-33...Ver telefone

(81) 3048-69...Ver telefone

Entrar em contato