Elane Souza DCJ Advocacia, Advogado

Elane Souza DCJ Advocacia

Recife (PE)
300seguidores93seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Apaixonada pela Justiça, JUSTA!
Advogada há mais de 15 anos (hoje praticamente não atua); colou grau em Direito no ano de 2003 pela UNIC - Cuiabá - BR;
Em 2004 realizou o Exame da OAB e obteve aprovação;

Meados de maio de 2007 foi viver em Lisboa, por questões pessoais, e só retornou no final de de 2011;

Atualmente me dedico mais a redação de artigos, elaboração de e-books e parte do tempo divulgo meus Blogs – acredito que a Advocacia, pura e simples (da forma como é) não é minha vocação, apesar uma apaixonada pelo Direito!

Áreas de maior envolvimento são: D.Humanos, Direito Família, Penal, Criminologia e Vitimologia.

Tudo que escreve, publica em seus Blogs:

Diário de Conteúdo Jurídico: https://www.diariodeconteudojuridico.com;

https://divulgandodireitos.com,

DCJ PG facebook e o

https://www.mediarelegal.com/

Principais áreas de atuação

Direito de Família, 60%

É o ramo do direito que contém normas jurídicas relacionadas com a estrutura, organização e prote...

Direito Civil, 40%

É o principal ramo do direito privado. Trata-se do conjunto de normas (regras e princípios) que r...

Comentários

(626)
Elane Souza DCJ Advocacia, Advogado
Elane Souza DCJ Advocacia
Comentário · anteontem
Elane Souza DCJ Advocacia, Advogado
Elane Souza DCJ Advocacia
Comentário · há 3 dias
“Uma vida é igual a uma vida. Não importa de quem seja a vida. Não há hierarquia de vidas.” Lenio Streck....;
realmente não importa, por isso bandido bom é bandido recuperado, de forma humana, NÃO degradante, como a que existe nos presídeios Brasileiros; quando você mata quem matou alguém que vc amava, ou de certa forma era importante, ou simplesmente porque furtou seu celular, você não é igual a ele, você é um bandido ainda mais feroz!

"O poço" (El Hoyo, foi en español que vi); a lógica ali é a que dá a senhora que vai parar presa "no poço", levando seu cão; ela, antes de ser presa era uma das "administrativas" (recebia os presos), que eram perguntados o que queriam levar consigo ao poço (podiam escolher até arma - ela escolheu o seu cãozinho, coisa que desagradou muitos já que o cão comia - mas, ao invés dela comer dava o dela para o cão); e o que foi que ela disse?

A COMIDA DÁ PARA TODOS!!!....ela sabia, se todos comessem só sua porção ninguém chegaria, UM DIA (porque era aleatório), NO NÍVEL FINAL, que creio eu era o 333,SEM COMIDA, ou qualquer outro NÍVEL que fosse de 80 para baixo (para baixo, neste caso quer dizer...81, 82, 83...sempre para baixo, e a comida vinha de cima)...imagine quem estava no 200, já não tinha nada; comiam até uns entre os outros (literalmente, porque era um mês em cada nível)........totalmente perturbador esse filme; E A CULPA ERA DE QUEM?

Dos próprios presos que um dia estavam por cima, no outro poderia estar lá em baixo...., ninguém se importava com o amanhã....comiam tudo que podiam e cospiam na comida, mijavam, pisoteavam o resto que ia para baixo.

É o ser humano em seu estado puro (de selvageria); "estou aqui, vou aproveitar; amanhã está embaixo e se fo.....de, mas nem pensa nisso hoje que está em cima!
A lógica do filme é mostrar como é o ser humano em sua faceta mais brutal, e não é porque estavam presos; o POÇO é a vida normal e corrente!
Triste

Perfis que segue

(93)
Carregando

Seguidores

(300)
Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Recife (PE)

Carregando

Elane Souza DCJ Advocacia

Entrar em contato