jusbrasil.com.br
14 de Novembro de 2019

Da Teologia da salvação pelo amor à Teologia da Prosperidade! Em se tratando de religião isso não seria 'estelionato religioso'?

Que passa com as religiões? Antes pregavam o evangelho, agora pregam "auto-ajuda" mediante prévio investimento! Aqui falamos da prescrição dos crimes de Edir Macedo e dos problemas enfrentados pela IURD na Africa.

Elane Souza DCJ Advocacia, Advogado
há 10 dias

Falando sério: infelizmente sou meio viciada em ler notícia (especialmente as relacionadas com o Direito e Religião); depois, ao terminar, vou ler os comentários. Um vício que gostaria de extirpar logo: perco um certo tempo me divertindo com isso.

A última notícia foi a de que Edir Macedo, mais três integrantes da IURD, tiveram denúncias interpostas contra eles (há vários anos), prescritas por morosidade judicial somada à idade, neste último caso, Edir, com 74 anos, beneficiou-se com a redução da prescrição pela metade ("MOROSIDADE intencional")?

- Não sei, só sei que foi assim!

Não entendo essas 'patacoadas', já que existem políticos, pessoas influentes e até com dinheiro, outros humanos normais que a denúncia contra elas são julgadas com certa rapidez, no entanto, parece que o Sr. Edir tem algo que os outros não tem (O que seria? Fé ou algo bem distinto?).

Sem palavras!

O principal trecho do Processo, escrito pelo MPF, foi citado na reportagem da Exame.abril, escrito há dois - veja AQUI:

“Eu vou entrar nessa fogueira santa. Você vai fazer o cheque aí agora. Ou vai pegar o que você tem aí agora. Seja um milhão, quinhentos mil, cem mil, cinquenta mil, 30, 20, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 até 430. Ou pegar todo o salário que você recebeu hoje, todo o salário. E vai subir nesse altar, vai passar por esse fogo. Que você quer ver a glória de Deus na sua vida. Vem aqui e pega teu envelope.”

Com esse trecho da pregação de alguns pastores da Universal (juntamente com Edir), que o Ministério Público Federal começou a descrever um esquema de lavagem de dinheiro e de evasão de divisas que teria operado entre 1998 e 2005 pela cúpula da Igreja Universal.

A citação que levou o MPF a denunciá-los parece mais coisa de auto-ajuda, mas auto-ajuda daquele tipo que só ajuda quem escreve ou promove a palestra (no caso em questão - o pregador), pois a finalidade é sempre arrecadar a maior quantidade de dinheiro possível, o resto é contigo; se der certo o mérito é da Igreja, do Pastor e é claro da sua fé em Deus. Acaso não der, o problema é seu que não teve fé suficiente ou não trabalhou com o dinheiro que restou após os gastos que teve com a igreja.

Para mim, isso só tem um nome: "estelionato religioso"! Mas não se engane, porque a culpa sempre será sua que é ganancioso, doou dinheiro, mas não fez por onde crescer - buscava bonança e não salvação pela fé, bondade, generosidade e amor ao próximo (mea culpa - talvez você mereça que te enganem)!

Para encerrar passemos à polêmica que enfrentam Africanos de vários países (Costa do Marfim, São Tomé e Príncipe, Guiné, Angola, etc).

Motim, destruição de igrejas e até morte já ocorreu por àquele continente (Veja aqui uma longa descrição dos fatos pelo portal Terra notícias); sem falar que há alguns anos Angola vem tentando tirar a IURD do país, mas é difícil porque nem todos os políticos estão de acordo - fazem parte da cúpula africana e certamente ganham com isso - nem que seja só votos dos fiéis (dizem que a grana só fica para a cúpula brasileira - gente da igreja com cargos superiores aos pastores locais)!

Daí é que vem àquela coisa de ler comentários; às vezes, os comentaristas são "fantásticos" - influenciam quem quer escrever e ainda são fonte de riso; mas quiçá isso só faz graça a mim que talvez seja uma adulta infantilizada (virou moda dizer isso por aí - então tá); se rio até das minhas 'desgraças', como não rir de comentários jocosos contra os "estelionatários da fé"? Eles que deveriam ter vergonha; do meu senso de humor, eu não tenho nenhuma !

Por outro lado vou falar como falariam os 'palestratantes motivacionais': Se você está em um buraco financeiro a culpa é sua, vá a igreja, dê tudo que tem, inclusive o salário do mês e deus te dará em dobro - se acredita nisso você realmente merece ficar sem um tostão!

Não perderia meu tempo defendendo gente fraca, que se deixou cair na tentação de um estelionatário; afinal, quem vai a uma igreja que aje assim não é pela fé, mas pelo que estar lá poderia proporcionar de riqueza futura; portanto, é tão culpado quanto...

Afinal, o que passou com àquele ditado, versículo religioso ou palavra de Jesus que diz?:

"Em verdade vos digo que um rico dificilmente entrará no reino dos céus. E ainda vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus” (Mateus 19:22-24).

Por elane F. de souza (Advogada não atuante - texto inspirado nos artigos do Portal Terra e Exame.abril. Imagem/recorte de comentários pelo portal terra.

Estamos nos blogs:

https://www.diariodeconteudojuridico.com

https://divulgandodireitos.com

Um canal do Youtube só de DIREITO:

https://www.youtube.com/user/elanyy1

E agora uma rádio:

http://cotidianodiversofm.website.radio.br/

38 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Elane, é um câncer. Na Católica também enfrentamos problemas de fé. Exatamente como vc disse: cadê o Evangelho? Cadê o Cristo Crucificado? Onde ficou, pelo caminho, a Salvação? O misticismo, as coisas da alma, do espírito? Uma igreja totalmente materialista e pagã é o que vemos hoje. A Igreja de Cristo está rachada ao meio (Independentemente da denominação). De um lado, fiéis fervorosos e alguns poucos pastores e clérigos resolutos em defender a verdadeira igreja do Senhor. De outro, uma cúpula indecente, que de um jeito ou de outro, pregam uma religião sem Jesus. Um Jesus que não existe, um Jesus que irá "te salvar" NESTE mundo, caso vc seja "bonzinho". Na IURD a "salvação" terrena e nada espiritual vem da crença de que se vc for bonzinho e colaborar in cash com a obra do Senhor, sua vida NESTE MUNDO, irá mudar da água para o vinho e vc receberá bênçãos infinitas (supostamente) em graças mundanas e monetárias. E não faltam em seus programas supostos fiéis com uma história triste de doenças e pobreza para dar seu "testemunho", sempre acompanhado de muitos bens: casas, carros, iates até. Na Católica o problema está muito mais embaixo (eu acho). Seguindo o mesmo falso Jesus formatado para resolver os problemas de cada um (um deus pra cada um né), esvaziou-se por completo a fé católica. Neste tal de sínodo para a amazônia vimos de um tudo: paganismos, heresias, apostasias, blasfêmias. Mas no tal documento de trabalho do sínodo, chamado "instrumentu laboris" alguns clérigos heróis não se cansaram de denunciar o fato de que a palavra Salvação sequer aparece. Uma igreja materialista dá lugar à espiritualidade: vamos defender os pobres e oprimidos e tudo está resolvido. Aqui a audácia é muito maior, pois não pedem descaradamente dinheiro ao fiel. Mas pedem ao fiel para abraçar causas sociais que são financiadas por poderosas instituições internacionais nada preocupadas com a salvação da alma humana. Instituições que defendem aborto, legalização de drogas e várias coisas que ferem de morte os dogmas da fé católica. Tudo em nome de um Jesus inventado: são os ribeirinhos, os índios, os pobres (não de espírito, mas de dinheiro) e por aí vai. O fiel enganado começa a seguir este Jesus que não existe. Esse Jesus que justifica os fins com meios nada cristãos. E enqto os católicos sofrem esse estelionato religioso por meio de uma igreja falsa engendrada em agendas políticas e sociais, alguns evangélicos o sofrem igualmente, por meio de uma igreja falsa engendrada em "auto-ajuda". Nos dois casos a essência espiritual foi substituída por um materialismo mundano inacreditável. Não nos resta opção a não ser acreditar que certas profecias estão se cumprindo. Temos muitos lobos em pele de cordeiro entre nós. Na IURD, pelo menos, o pecado é tão notório que é possível tipificá-lo. Nós, por outro lado, estamos perdidos, pois somente a quem tem olhos de ver e ouvidos de ouvir o problema se revela. E infelizmente, poucos são os que têm olhos de ver e ouvidos de ouvir. continuar lendo

Que ótimo comentário Dra. @christinam , obrigada por passar por aqui e colaborar acrescentando dados.

Por essas e outra que minha mãe, uma Senhora humilde, ex-copeira, aposentada de colégio público deixou a igreja onde frequentava porque exigiam demais dela (com 70 anos, agora ajudante e cuidadora do marido, meu pai - este católico, já com 84 anos); como disse exigiam, jogavam indireta porque ela e outras pessoas só iam 1 ou 2 vezes por semana e tinha que estar lá sempre e colaborando de alguma forma, sem falar no dízimo (para evangélicos é sagrado)....;

Então preferiu sair porque já não aguentava as risadinhas das IRMÃS e as indiretas do pastor, sem falar na falta de companheirismo entre irmãos (parece até que a pessoa, por ser mais pobre, deve ficar afastada como uma "leprosa" - Jesus se portava assim? Não né?).

Agora ela só faz suas leituras da bíblia em casa, age como cristã, ora sempre e jejua de vez em quando (só não vai mais a igreja, mas é muito cristã).

Mesma coisa meu pai - por alguns anos frequentou a Católica..., adorava ir lá cantar, mas não sei porque se descontentou e ficou só com as pregações da TV (coisa de idoso ou cisma...rsrsr).

Desculpe dizer, mas verdade seja dita: o povo hoje quer igreja para prosperar; é como se estivessem em uma palestra de auto-ajuda, e não um culto..., acho que se vc é um verdadeiro cristão e um Deus existe ele saberá se vc é o não uma pessoa de bem; não precisa ir à igreja com finalidade de ganhar riqueza aqui na terra e ainda uma vida no céu, pós esta!

Enfim, falo porque fico indignada com a cara de pau dessas pessoas....vão para os países mais pobres para tirar o couro dos coitados que já não tem nada! continuar lendo

Elane, desculpe, agora que vi que te chamei de Fátima. kkk Já consertei lá. Enfim, é isso mesmo q vc disse. Tudo isso aí. Esses falsos profetas estão aos poucos esvaziando a fé dos que ficam e seguem essa igreja materialista, provocam apostasia tb, porque outros que percebem que há algo errado abandonam não só a igreja (templo físico), mas perdem mesmo a fé e é isso que é apostasia: abandono da fé. E por fim tem aqueles como seus pais, que deixam a igreja física, mas tentam se manter fiéis ao verdadeiro Cristo na Igreja Doméstica, como os primeiros cristãos (dos males, o menor -, e, confesso estive a um passo de ir por este caminho também. Estou tentando voltar agora a me fazer mais presente na igreja). Mas o ideal mesmo é que as pessoas saibam separar o joio do trigo e continuem frequentando o templo porque a oração conjunta chega aos céus com mais força e isso foi Jesus mesmo quem prometeu. Então, no coração puro e fiel de vários presentes que não se estão deixando enganar, há uma comunhão verdadeira com Cristo que não deve ser abandonada e nem desprezada. Depois desse sínodo herético que tivemos, eu, pessoalmente, me renovei na fé. O pânico que isso me provocou me fez foi voltar às minhas raízes católicas, comecei a rezar o terço com frequencia, estou ensaiando ir em mais missas também, estou consultando o catecismo e rezando o credo com mais atenção, especialmente na parte que diz que Jesus foi crucificado e ressuscitou ao terceiro dia, que virá a julgar os vivos e os mortos e na parte da crença na vida eterna. Todo o credo é importante para o católico, mas essas partes são essenciais porque é nelas que está o centro do cristianismo no geral e eu me toquei disso qdo assisti um documentário sobre a história dos cristãos onde um historiador agnóstico diz isso. Gente, se até gente afastada de Deus enxerga isso, que é essa a nossa essência, como pudemos, em nome de Deus, nós mesmos, nos esquecermos? Eu respeito todas as crenças, mas aos que se dizem cristãos, eu tenho insistido para que não abandonem a igreja por conta das coisas erradas que seres humanos fazem lá dentro. Não devemos não ir à igreja por conta dessa gente, mas ir à igreja por conta de Jesus. Ele está lá esperando a comunhão de seu povo com Ele. O tinhoso qdo infiltra essas coisas na igreja é justamente para provocar esse abandono. Então sejamos persistentes e não vamos abandonar. continuar lendo

Achei estranho, mas entendi que vc poderia ter se confundido. rsrs
Mas ok, está tudo bem!
Minha mãe sente falta de ir à igreja; até pretende encontrar outra, mas quando tem que deixar meu hiperativo pai de 85 sozinho ela pensa duas vezes.

Ele é do tipo que acorda as 4 e meia, se tem missa na TV ele vê ao mesmo tempo que faz várias coisas...depois vai caminhar, depois computador fazer as baguças dele no face (desconfigurar tudo), depois rádio, depois discutir com minha mãe que não deixa ele sozinho na cozinha, medo de esquecer a água no fogo até a panela queimar, ou tocar fogo na cozinha (sem querer) ...kkkk, (Está inteiraço, apenas meio disperso), mas não pára quieto, aí minha mãe fica de olho!

Ele se considera católico, mas hoje em dia só vê as missas na TV, acho que só não vai porque tem que ficar sentado (tem muitos defeitos, como todo mundo, mas nunca vi pessoa mais honesta em tudo, sem falar com a esposa e famíla, além de super generoso).
Tive alguns problemas com ele no passado por ele ser grosseirão, da roça (mas já te contei...PASSOU, agora só love). continuar lendo

Isaías 45:20-22

20 Congregai-vos e vinde; chegai-vos juntos, vós que escapastes das nações; nada sabem os que conduzem em procissão as suas imagens de escultura, feitas de madeira, e rogam a um deus que não pode salvar. 21 Anunciai, e chegai-vos, e tomai conselho todos juntos; quem fez ouvir isso desde a antiguidade? Quem, desde então, o anunciou? Porventura, não sou eu, o Senhor? E não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador, não há fora de mim. 22 Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro. continuar lendo

Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova", diz o Senhor dos Exércitos,"e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derra­mar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las.
Malaquias 3:10

"Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: 'Como é que te roubamos?' Nos dízimos e nas ofertas.
Malaquias 3:8 continuar lendo

Entendemos sua extremada revolta Dra., mas, fazendo um paliativo bem singelo com a política, parece que o modo de operações são muito parecido. Edir Macedo, não é isolado nisso, veja, quase todas as igrejas estão envolvidas nisso, a grande torneira e, porque não dizer, cachoeira, sem fim, está registrado em Ml 3.10 a seguir. Ali, os grandes manipuladores bíblicos, com a psicótica narrativa de inferno, faz nas mentes leigas, uma verdadeira lavagem cerebral, tornando milhares e, centenas de milhares em zumbi. Vamos lá, em uma explicação bem resumida, entender este tal mistério, se, o dízimo fosse tão importante na nova ordem, penso na minha humilde opinião, que JESUS teria dado ensinamento mais aprofundado sobre o tema, lembrando aos leitores que JESUS não escreveu de si mesmo, tudo o que temos, são materiais pesquisado por mãos humanas, claro que estas mãos humanas, para aqueles que acreditam, usado pelo poder de DEUS, e aí, que gera as controvérsias espiritual. JESUS representa o cálice da nova ordem, mais conhecido como a nova aliança, e todo o cristão que é praticante, independentemente da famigerada religião, que participa da ceia, vão ler exatamente isso, que está registrado no livro de I Coríntios, se, temos que tornar qualquer efetividade do A.T como prática da vida religiosa, então, JESUS, morreu em vão, e digo, que isso inclui o dízimo. Porque, segundo entendemos, o que estava em pauta, não funcionava de acordo com a vontade de DEUS, porque, naquele época também já tinha o grande circo de horrores, e isso, se assemelha aos nossos usurpadores da fé, lembrando que JESUS combateu ferrenhamente está barbárie, a ponto de perder a paciência com os grandes aviltadores da igreja, advertindo que ali era casa de oração. Evidente que a exploração financeira, não só, ficou na porta, como está dentro da igreja e, tem uma grande parceira literária de uso exclusivo de manipulações sem precedentes, nas mãos de pessoas mal intencionadas. No N.T JESUS se refere ao dízimo, uma única vez de forma figurada, se, os que não dão dízimo podem queimar no inferno, como alega está corja de usurpadores, imagine este supostos pastores para onde não irão, todo mundo sabe que para se manter uma igreja em pé, precisa de dinheiro, isso faz parte do processo, agora, o que estamos vendo hoje, é o começo do fim, não conseguimos entender como que um ser humano deixa se levar por este indiciamento espiritual, foi como disse no início, é semelhante à política. Acorda Brasil. continuar lendo

Hebreus 10:25

25 Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia.

(As profecias estão se cumprindo. Jesus está voltando ! ) continuar lendo

"Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês dão o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas têm negligenciado os preceitos mais importantes da lei: a justiça, a misericórdia e a fidelidade. Vocês devem praticar estas coisas, sem omitir aquelas.
Mateus 23:23 continuar lendo

O número para a presença de Jesus o Cristo é 2 ou 3! MT 23.23 temos que fazer a interpretação de una outra ótica. Veja que este versículo mostra uma realidade negligenciada, sinceramente falando a interpretação induzida em Ml 3.10 é realmente efêmera, não acredito nesta palavra em sua aplicação em dias atuais. Vamos ser honesto com o texto, se Deus quisesse desta forma teria usado outros critérios, se Jesus tivesse algum interesse, teria sido mais específico, mas, o texto cabe outras interpretações, e aí, estamos vendo esta barbaridade financeira, penso, que estes lobos devoradores vão pagar por seus pecados, isso é a minha fé, em MT 7 fala de falsos profetas e no 8 fala lobos devoradores. Acorda Brasil. continuar lendo

Concordo que seja e vem sendo um estelionato da fé, mas o destaque incessante nas mídias para as igrejas Universal ou Mundial é um isolamento injusto pois a mesma mensagem de salvação fica para os sacerdotes pobres e isolados espalhados pelo mundo pois venda de indulgências pela igreja católica desde os tempos antigos, como o comércio religioso atual ou simplesmente os tesouros ilícitos do Banco do Vaticano que já alcançam próximo dos 30 bilhões de euros, fora todas as obras das de arte, ouro, jóias e relíquias e os latifundios etc fazem da arrecadação dessas igrejas "evangélicas" pequenos estelionatários. continuar lendo

Vejo este artigo como um tema jacoso e preconceituoso em torno somente da IURD, vendo claramente que até os conteúdos te eleva a somente um raciocínio particular da autora onde menciona somente os fatos que se agrupam com seu viés, omitindo outros que vão contrário ao seu pensamento crítico. Logo que a autora "viciada" em notícias nem sequer mencionou da absolvição da mesma IURD num processo formulado pelo MP de Portugal sobre adoção irregular de crianças, provavelmente, a autora deve ter noticiado este fato, mas, conforme seria em contraponto ao seu pensamento crítico, não preferiu comentar sobre o caso. Em outra partida, fora noticiado tempos atrás que o empresário Eike Batista jogara de dentro do helicóptero à quantia de 700 mil reais em direção ao mar como oferenda para iemanjá. Está errado ele? Sofreu algum tipo de estelionato por parte do líder espiritual dele? Acredito que não! Foi a fé e o convencimento dele que o levou a praticar determinado ato e quem sou eu para questionar ele? Cada um é livre para fazer o quiser desde que obediência às leis, e até que eu saiba, ele não infringiu nenhuma lei! Mais, a questão é que ninguém sequer emitiu qualquer nota de repúdio relacionado ao ato praticado pelo mesmo ou menos sequer fizeram qualquer tipo de repulsa a determinado ato. A questão simplesmente de tal conjuntura é que o artigo é de mero preconceito com a IURD ou da imagem do Bispo, mero ato de intolerância religiosa, somente isso! Eu tenho vários pontos contra e que discordo com certas práticas das igrejas evangélicas e essa peregrinação da teologia da prosperidade, mas, consoante ao artigo presente, é puro preconceito! Eu tenho diversos exemplos dessa mistura de religião, fé e dinheiro em diversas denominações como a espírita, maçonaria, catolicismo, budismo e até mesmo do ateu, mas, só o exemplo do Eike, evidencia tal discrepância de tratamento quanto ao assunto relacionado que envolva religião, fé e dinheiro. continuar lendo

Leio muita notícia, mas essa do Eike eu não sabia, obrigada por informar, mesmo assim irei pesquisar para não engolir como fake - apesar de que ele jogar dinheiro no mar, adquirido (EM TESE) com seu próprio esforço de empresário corrupto, é o mesmo que jogar no lixo...., ou vc acha que Yemanjá vai usar para comprar toalha e se secar???

Por outro lado, o dinheiro doado pelos religiosos seguidores da Universal é direcionado aos LÍDERES...líderes, que fique claro, AOS LÍDERES!

Não jogaram no lixo, no mar, nem queimaram em oferenda ao Deus que acreditam..., mas doaram aos que já tem demais, mas ainda é pouco; sempre exigem mais...

...no final das contas EU acho é pouco; os líderes cada dia mais ricos; os seguidores cada dia mais pobres (escolhas)!

Quanto a citar algo mais em um texto é por sua conta....os links estão no texto, é só clicar e ler (só fiz um texto com minhas próprias convicções, crenças e revolta basenado no que li - mas está aí citado; quer saber mais clique e leia - esse aqui só foi o meu ponto de vista - e se é meu eu escrevo como quero). continuar lendo

Concordo plenamente!
Desde o meu período de graduação aprendi que tais artigos devem esboçar lados opostos, caso contrário demonstra claramente a opinião do Autor, como é o caso em tela onde verifica-se a completa intolerância quanto à Instituição mencionada bem como a uma pessoa especificadamente citada no contexto (muitas das vezes essa não foi a intenção do autor do artigo. As vezes escreveu no calor da emoção quando se deparou com alguma notícia nova e não mediu esforços para apenas compartilhar). Deixando a desejar tanto em relação ao tema divulgado quanto a problemática trazida.
Não costumo comentar muito no Jusbrasil, apesar de estar fazendo leituras diárias.
Mas também sou adepta de ler artigos e assuntos desse tema (Direito e Religião) pois sempre tive a Bíblia como base para minha vida e sou advogada. Porém enveredo pela admiração e temor das pessoas em obedecer fielmente ao líder espiritual/religioso e não pela crítica. continuar lendo

Congregai-vos!

Há algum tempo, tem surgido um "zum zum zum" entre cristãos sobre a necessidade de ir à igreja, congregar. Embora seja uma doutrina contrária à ideia de Corpo (ideia esta que permeia toda a Bíblia), ela tem ganhado alguns adeptos. É certo que o fato de uma pessoa ir à igreja não a torna cristão verdadeiro nem garante real conversão, mas isso quem deve avaliar e julgar é o Senhor, e não nós.

Se procurarmos a origem da palavra, veremos que congregar vem do Latim CON- (que tem o sentido de “juntar”) e GREX (que significa “rebanho, manada, bando de aves, reunião”). Há vários versículos que ressaltam a necessidade de a Igreja congregar, ou seja, reunir-se, estar junto, independentemente do que acontece nos corações. Seguem alguns:

"Congregai-vos, sim, congregai-vos, ó nação não desejável; antes que o decreto produza o seu efeito, e o dia passe como a pragana; antes que venha sobre vós o furor da ira do Senhor, antes que venha sobre vós o dia da ira do Senhor." (Sofonias 2:1-2)

"Santificai um jejum, convocai uma assembléia solene, congregai os anciãos, e todos os moradores desta terra, na casa do Senhor vosso Deus, e clamai ao Senhor." (Joel 1:14)

"Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação." (1 Coríntios 14:26)

"E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia." (Hebreus 10:24-25)

"E consideremo-nos uns aos outros para incentivar-nos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia." (Hebreus 10:24-25 NVI)

Igreja, por sua vez, vem do grego EKKLESIA, que significa “assembleia, reunião”. O termo é derivado do verbo EKKALEIN, formado por EK-, “fora”, mais KALEIN, “chamar, clamar”. Isso significa que temos, sim, que congregar, mas sem nos esquecermos de nosso chamado: "Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura" (Marcos 16:15).

Na igreja, reunidos, edificamos e fortalecemos uns aos outros (pela Palavra e comunhão com os irmãos). Fora dela, fotalecidos e edificados, cumprimos o mandamento e alcançamos vidas.

"Assim como cada um de nós tem um corpo com muitos membros e esses membros não exercem todos a mesma função, assim também em Cristo nós, que somos muitos, formamos um corpo, e cada membro está ligado a todos os outros." (Romanos 12:4-5)

"Mas Deus estruturou o corpo dando maior honra aos membros que dela tinham falta, a fim de que não haja divisão no corpo, mas, sim, que todos os membros tenham igual cuidado uns pelos outros. Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se alegram com ele.Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo." (1 Coríntios 12:24-27) continuar lendo